Flightradar24, o sistema de informação que mostrou a queda do voo da Chapecoense em tempo real

banner_post
Existem muitos serviços de rastreamento de emergência de aeronaves na internet. No entanto, a maioria deles têm problema de atualização. Para as companhias aéreas estadunidenses, a informação pode até ser considerada nova, mas para os outros países isso nem sempre é o caso, uma vez que muitos aeroportos ou companhias aéreas possivelmente não incluem todos os dados no seu sistema.
Como regra geral, os dados para controlar o avião são obtidos a partir do site do aeroporto, o que, de alguma forma, enfraquece toda a ideia: quem na Terra precisaria de tais serviços se qualquer pessoa pode ir para o site do aeroporto e conferir o status do voo por conta própria?
O principal problema neste caso é as alterações de status (em algumas casos, este processo é completamente manual), bem como a falta de transparência no que diz respeito ao o que a aeronave está fazendo num determinado momento de tempo.

Ler mais