Mapa etno-histórico reúne línguas indígenas do Brasil

banner_subsite_mapaetnohistorico

Uma das mais célebres obras cartográficas produzidas no Brasil, em 1943, considerada um marco dos estudos sobre as línguas e culturas indígenas, estará disponível na internet a partir do dia 27 de setembro, no portal do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). São mais de 900 referências sobre etnias e línguas indígenas coletadas entre os séculos XVI e XX catalogadas no Mapa Etno-Histórico do Brasil e Regiões Adjacentesde Curt Nimuendajú. Utilizando a técnica de restauração digital, a versão original do mapa, que mede quatro metros quadrados, foi fotografada quadrante por quadrante, em alta resolução. Com isso, será possível, na versão digital, visualizar as informações em tamanho ainda maior que em sua versão física. Além da versão digital do mapa, na mesma data será lançada uma edição revisada e ampliada da obra – um mapa e um livro (impresso e digital).

A digitalização do mapa é parte do projeto Plataforma Interativa de Dados Geo-Históricos, Bibliográficos e Linguístico-Culturais da Diversidade Linguística no Brasil, realizado pela Universidade Federal do Pará (UFPA) e pelo Iphan, por meio da equipe técnica do Inventário Nacional da Diversidade Linguística do Departamento do Patrimônio Imaterial (INDL/DPI/Iphan).  Um dos objetivos do projeto é utilizar novas tecnologias da informação e da comunicação para promover o acesso a conteúdos como a restauração digital do mapa original, a versão digital na íntegra dos documentos históricos e etnográficos mencionados por Curt Nimuendajú, além de mapas e informações contemporâneas sobre a diversidade linguística no Brasil.

Ler mais

Noticimapa: Jornalismo Cartografia e Direitos Humanos nas Periferias

mapa-noticimapa-batalhas-de-rap

Os Cursos Noticimapa registram através do jornalismo e mapeamento os espaços de defesa de direitos humanos nas periferias

Por 


O que você fala sobre o seu bairro? O que você ouve sobre esse território? É o mesmo que você conhece sobre ele? Nos Cursos Noticimapa – Jornalismo, Cartografia e Direitos Humanos, o Periferia em Movimento leva ao público a proposta de mapear espaços de defesa de Direitos Humanos nas periferias e mapeá-los, com práticas jornalísticas. Como resultado, quem olhar no mapa saberá sobre a distribuição dos locais que, cada um à sua maneira, estão na luta por garantias de direitos nas periferias de São Paulo.

Ler mais

Uma nova cartografia das águas da cidade de São Paulo

À esquerda, o levantamento hidrológico oficial dos córregos Água Preta e Sumaré que deu subsídio para planos de engenharia e estudos de impacto ambiental. À direita, imagem do

À esquerda, o levantamento hidrológico oficial dos córregos Água Preta e Sumaré que deu subsídio para planos de engenharia e estudos de impacto ambiental. À direita, imagem do “novo mapa” mostra uma hidrografia mais detalhada, inclusive com cursos d’água que não constam nos mapas oficiais.


No final de 2014 foi divulgada a notícia de que as obras do monotrilho da Zona Leste de São Paulo foram paralisadas porque durante a sua execução os engenheiros descobriram a existência do córrego da Mooca, uma das dezenas de corpos d’água retificados, tubulados e enterrados sob o solo paulistano.

Ler mais